Home / Contos / Além não cansa

Além não cansa

 

Por: Flávio Henrique da Silva Monteles

Hoje é a maior festança                             

encheram Além de esperança.

falaram em mudança

mas Além não cansa

continua mansa

parece uma criança

e em sua rede descansa

com seus cabelos em trança.

Ouve calada a falança

mas cheia de confiança

nunca cansa

continua na lembrança

em sua bonança

os seus tempos de dança

calma, espera a cobrança

daqueles que fizeram comilança

enchendo bem a pança

e cheios de ganância

a feriram com uma lança

e com um sorriso de esnobança

Fizeram-lhe uma fiança

Mas Além não cansa

ALÉM QUER alegrança

 

Para esta Ximangança.

 

Fonte: https://fhmonteles.blogspot.com.br/

Sobre fabianoalenquer

Comments Closed